sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Felicidade




Felicidade não é quando a melancolia esmaece,
nem é quando o desalento perde a persistência.

Não é, igualmente, a comemoração pela tristeza
desprezada a um momento em que não acontece.

É quando eu, sentada à entrada da tua alma,
e me dás a olhar lugares sabidos, antigos,

com a surpresa de trilhar caminhos antes
despercebidos, estou bem ali e mais nada.

Felicidade é quando a madrugada em seu rito
cantante, de primeiros pássaros de todo dia,

pousa na janela (meus olhos voam nos teus),
e apenas tu, eu, e a felicidade sabemos disso.


Dedicado à Cau Alexandre




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...